Você já ouviu a história do holocausto? Provavelmente já, estou certo de que você ouviu que Hitler era incorruptivelmente mau e a sangue frio matou cerca de seis milhões de judeus, por quê simplesmente se achava superior, certo? Mas eu acho que não foi bem assim, eis o porquê:

Que fique claro que eu NÃO ESTOU defendendo Hitler, mas estima-se que cerca de nove milhões de judeus residiam na Alemanha naquela época, este povo tem “fama”de ser deveras desonesto, o que provável e possivelmente gerou um choque de culturas, costumes e tradições, a população alemã se viu cada vez mais inundada por judeus, causando assim alguns atritos inevitavelmente, e eis que aparece um sujeito dizendo que judeus são inferiores e todo aquele discurso de Hitler, a população comprou a ideia – vamos combinar que a população inteira não aceitaria um massacre de uma etimologia inteira por nada, algo estava errado. Ambos lados estavam errados, um mais que o outro, mas ainda existe uma parcela de culpa para os dois. Nada é como pregam, nunca existe um lado 100% bom e outro 100% mau, se você pensa assim, sinto lhe informar que você está errado.

Ironicamente o termo “holocausto” é de origem hebraica, era uma prática dos povos hebreus que hoje em dia são os judeus, eles queimavam inteiramente uma vítima como sacrifício, sem contar as várias cruzadas dos povos hebreus relatadas na bíblia em que eles simplesmente exterminam outros povos várias vezes, mas isso a comunidade cristã vibra e aplaude quando lê na bíblia, acham certíssimo exterminar outros povos porquê deus mandou. A questão é, em que ponto é possível diferir o holocausto nazista dos holocaustos promovidos por hebreus? Na minha opinião, ambos casos são repugnantes, mas porquê um é motivo de condolências e o outro de aplausos? Temos até a novela da rede record relatando tais ocorridos como se fossem motivo de alegria e transmitem como um sentimento de vitória.

Comparando os casos é possível ver que cada vez mais existiam mais judeus na Alemanha, eles estavam “invadindo” o país de outro povo, populando cada vez mais, afinal eram cerca de 9 milhões de judeus vivendo lá, enquanto vemos os relatos dos povos hebreus indo atrás de outros povos somente para destruir e depois indo embora. O que é pior na sua opinião, um povo que “defende” a sua cultura e território aniquilando outro ou um povo que vai atrás de outro somente para dizima-los? Ambos são extremamente ruins, ainda não consigo entender porquê um é tido como uma grande perda e outro como grande vitória, ambos são grandes perdas!

Dizimar um povo por questões éticas é errado, mas se uma divindade de uma cultura supostamente mandar pode né?! Certas coisas não dá pra entender. Lamentável.

 

imgres.jpg

Anúncios