OBS: Antes de começar já vou deixando claro que não há spoilers.

Aposto que você, que viu essa serie extremamente cativante, deve ter ficado como eu no final da primeira temporada. Como eu fiquei??? Ah, não sei não. A única coisa que sei, é que ela envolveu muitas sensações lindas e deliciantes dentro de mim. É simplesmente maravilhosa. E quando acabou, a sensação era louca, igual o desenrolar da série, e também vazia (não aquele vazio de não ter causado nada, e sim de nao saber o que pensar sobre, e como pensar). “Mas ta, então você não sabe me dizer se ela é boa ou não?” Ah, sei sim. Ela é ótima! É que como disse, eu não consegui definir exatamente o que eu deveria sentir no final dela. Claro que, eu pensei “Quero mais”, mas isso são coisas normais de se pensar no final de qualquer série que te cativa de mais. O que eu to querendo dizer é que em The OA eu não consigo por definições no que ela me causou. Pronto, é isso!!! Não consigo definir o que foi tudo aquilo. Não é questão de não ter entendido a história, ou de não ter prestado atenção direito. Mas é esse o questionamento que eu estou causando aqui pra quem já viu essa espetacular trama. Sério, me ajudem. Vocês que viram ficaram como eu? Tipo “puta merda que foda!!! Mas e…” estão conseguindo me entender? Acho que não, mas acho essa sensação é semelhante ao que aconteceu comigo vendo o último episódio.

Essa é tipo a reação que a gente fica quando ta acabando a série.

“Tá Thais, você falou, falou, e não falou nada”. Ok. Vamos la. Pra quem viu a série e teve estas mesmas sensações que eu, ótimo (não estou sozinha nessa loucura)! Mas pra quem não viu, e tem o desejo de ver, super recomendo. A história (que te deixa confuso) é muito interessante, e te prende para querer saber mais, te deixa curioso, além de ter uma linda fotografia, de ser muito artística e psicodélica (sim, é isso mesmo, literalmente psicodélica). Eu não vou fazer uma sinopse da série (até porque é difícil fazê-la sem spoilers), porque o meu intuito aqui não é apresentar ela, e sim compartilhar as sensações que me causaram (ou pelo menos tentar), e saber se foi igual pra quem viu.

Se você ta afim de ver, veja!!! Se jogue nesta história e depois vem cá e me fale se sentiu algo parecido com o que eu disse.

Bom, é isso. Esta incrível série, trouxe-me vários questionamentos, e me causou varias sensações, sem contar que me emocionei mais de uma vez vendo. Ela é linda, complexa, e muito interessante!!! Vale a pena de mais conferir. A única questão é  entender o que afinal de contas aconteceu quando acaba, e o que compreendeu sobre todos os 8 episódios (ou pelo menos no último) e acho que ainda sim, é difícil tirar uma conclusão concreta. Louco né? Acho que a segunda temporada vai esclarecer tudo isso (assim eu espero).

Se você gosta de histórias fantásticas, complexas e diferentes, veja! Se entregue a ela. Agora caso contrário, acho que ela não irá deixá-lo satisfeito, mas mesmo assim, experimente! 

Quem gostou desse texto que nada diz mas muito diz e que também teve essa experiência, compartilhe conosco nos comentários. Será de grande honra saber a sua sensação no final desta surpreendente série.

😉

Anúncios